LOUDER THAN ALL EP II

CHILDRAIN + PRIMAL ATTACK + BLAME ZEUS + INNER BLAST + IMPERA

05 Mai 2018
Abertura de Portas: 20h30
Início: 21h00
Entrada: 10,00€

PRIMAL ATTACK

  • Data de início
    Fundada a 2012
  • Género
    Metal
  • Membros da banda
    Pica (Vocals) | Miguel (Lead Guitar) | Tiago (Rhythm Guitar) | Miranda (Bass) | Mike (Drums)
  • Naturalidade
    Lisboa
  • Companhia discográfica
    HellXis
  • Breve descrição
    “HUMANS” our debut album is NOW AVAILABLE
    BOOKING: info@hellxis.com
    SUPPORT YOUR LOCAL BANDS!
  • Biografia
    PT

    O ano de 2012 testemunha o aparecimento dos Primal Attack, banda inicialmente formada pelo guitarrista Miguel Tereso com a companhia de Pica (Seven Stitches) nas vozes.
    Depois de algumas demos gravadas decidem avançar com o projecto, a eles se juntam o baixista Miguel Miranda e o guitarrista Tiago (Spoiled Fiction). Após alguns meses de procura o lugar na bateria é também preenchido por Miguel Ferreira.
    Rapidamente o projecto saltou para os palcos, recebendo sempre bom feedback por parte do público, imprensa e outras bandas.
    Em Julho de 2013 os Primal Attack lançaram o seu álbum de estreia “Humans” que empolgou críticas muito positivas tanto em Portugal como pela imprensa especializada de toda a Europa e América.
    O CD de estreia termina o ano em vários tops de discos com destaque para a revista LOUD Magazine onde foi considerado pelos leitores o segundo melhor disco do ano e segunda melhor banda nacional.
    Os Primal Attack transportam toda a energia contida em “Humans” para os concertos, tendo partilhado o palco com nomes como Napalm Death, The Exploited, Hatebreed, Angelus Apatrida, Switchtense, Revolution Within, Simbiose, For the Glory, Wako, entre outros.
    O ano de 2014 servirá para continuar a promoção do álbum de estreia e dar início ao processo de composição de novos temas para o próximo álbum previsto para 2015.

    EN

    The year of 2012 witnessed the rising of Primal Attack, band originally formed by guitarist Miguel Tereso with Pica (Seven Stitches) on vocals. After recording a few demos they decided to go ahead with the project, and soon the bassist Miguel Miranda and guitarist Tiago Câmara (Spoiled Fiction) joined the boat. Some months later the band found the missing drummer Miguel Ferreira completing the final lineup.
    The project quickly jumped to the stages, receiving good feedback from the public, press and other bands.
    In July 2013, Primal Attack released their debut album “Humans” that gathered very positive reviews from Portugal and specialized press from across the Europe and America.
    The debut CD ended the year in various top charts, highlights being LOUD Magazine where it was considered by readers the second best album of the year and second best portuguese band.
    Primal Attack brings all the energy contained in “Humans” to the live shows, having shared the stage with names like Napalm Death, The Exploited, Hatebreed, Angelus Apatrida, Switchtense, Revolution Within, Symbiose, For the Glory, Wako, among others.
    The year 2014 will continue the promotion of their debut album and begin the process of composing new songs for the next album planned for 2015.

Fotografias

BLAME ZEUS

Género
Rock
Membros da banda
Sandra Oliveira_VOICE
Ricardo Silveira_DRUMS
Paulo Silva_GUITAR
Tiago Lascasas_GUITAR
Celso Oliveira_BASS
Naturalidade
Porto
Sobre
New album “Theory of Perception” OUT NOW! Buy yours at: blamezeus.bandcamp.com
BOOKING: lazycatrocks@gmail.com
contact@blamezeus.com
Biography
(ENG)
Blame Zeus is a band, from Oporto, Portugal, which began in december 2010. With influences that range from blues to metal, their music can be described as an intense heavy rock, but also with intimate, nostalgic ballads.
Originally it was formed by Sandra Oliveira (voice), Ricardo Silveira (drums), Luís Carvalho (guitar) and Diogo Vidinha (bass). Their main objective was to create excellent and innovative music, and above all pleasurable to play and sing.
The years of 2011 and 2012 were dedicated exclusively to composing new original songs, and to the construction of the identity of the band. For personal and professional reasons, Luís Carvalho leaves Blame Zeus in December 2012, closing a 2-year cycle, and André Ribeiro fills in his spot. Already known from previous collaborations with Sandra and Ricardo, the former member of Oblique Rain takes his place as the band’s guitarist.
For the main public, 2013 was the year of Blame Zeus’ true birth: the year they left the nest and started playing live. In September, of this same year, they decided to search for a second guitarist, and Vítor Braga took his place.
In february 2014 they started recording IDENTITY at Raising Legends Studio, with producer André Matos. In april their fans helped fund the album through a successful crowd funding project. In july they sign with Raising Legends Records. Their first single, “Accept”, was out on the 3rd of august, through a lyric video – https://www.youtube.com/watch?v=qN9PjIYoihM
On the 1st of september their debut album IDENTITY is officially released, and presented live on november 7th. In november and december 2014 they tour, with R.A.M.P, a renowned portuguese metal band, all over Portugal.
In March 2015 they released their first official video to their second single “The Apprentice” – https://www.youtube.com/watch?v=BJgdwDITdUc
In november 2015 Diogo leaves the band and Manuel Bernardo takes his place. In march 2016 they play in the release party of the fifth album by Heavenwood, in Hard Club’s main stage. This was the last concert featuring André, Vítor and Manuel, that left the band due to differences of objectives and time.
Blame Zeus’ new line up is formed by the founders Sandra and Ricardo, Paulo Silva and Tiago Lascasas on guitars, and Celso Oliveira on the bass. They composed and recorded their new album “Theory of Perception” in 2016, which will be released on march 4th 2017. On the first day of this year they presented their new single “The Moth” in form of a lyric video: https://www.youtube.com/watch?v=KOtPw5wWots

(PT)
Os Blame Zeus são uma banda de originais, de Vila Nova de Gaia, que se iniciou em dezembro de 2010. Com influências que vão desde Blues a Metal, a sua música poderá ser descrita como Rock intenso e pesado, mas que também passa por baladas mais intimistas e nostálgicas.
A sua formação inicial era constituída por Sandra Oliveira na voz, Ricardo Silveira na bateria, Luís Carvalho na guitarra e Diogo Vidinha no baixo, que se juntaram com o objectivo de criar música inovadora, de excelência e que, acima de tudo lhes desse prazer tocar e cantar.
Os anos de 2011 e 2012 foram dedicados, exclusivamente, à criação de novos temas, originais, e à construção da identidade da banda. Por questões pessoais e profissionais, Luís Carvalho deixou os Blame Zeus em dezembro de 2012, fechando um ciclo de 2 anos, e entrou André Ribeiro. Conhecido já de colaborações anteriores com Sandra e Ricardo, o ex-membro dos Oblique Rain assumiu o seu lugar como guitarrista da banda.
Para o público em geral, o ano de 2013 foi o do verdadeiro nascimento de Blame Zeus: o ano em que saíram do ninho e começaram a tocar ao vivo. Foi também em setembro deste ano que decidem receber um segundo guitarrista, lugar ocupado por Vítor Braga.
Em fevereiro de 2014 começaram a gravar o seu primeiro álbum IDENTITY no Raising Legends Studio, com o produtor André Matos. Em abril os seus fãs ajudaram a financiar o álbum através de uma bem-sucedida campanha de crowd funding. Em julho assinaram com a editora Raising Legends Records. O primeiro single, “Accept”, viu a luz do dia a 3 de agosto, através de um lyric video – https://www.youtube.com/watch?v=qN9PjIYoihM
No dia 1 de Setembro de 2014 lançaram oficialmente IDENTITY, apresentando-o ao vivo a 7 de novembro no Hard Club. Em novembro e dezembro de 2014 acompanharam os R.A.M.P. na sua tourné por Portugal, tocando em locais como o RCA em Lisboa, o Bafo de Baco em Loulé e o Plano B no Porto, entre outros. Em março de 2015 lançam o seu primeiro videoclip oficial para o seu segundo single, “The Apprentice” – https://www.youtube.com/watch?v=BJgdwDITdUc
Em novembro de 2015 Diogo Vidinha sai da banda, dando lugar a Manuel Bernardo no baixo. Em março de 2016 participam na festa de lançamento do quinto álbum de Heavenwood, no Hard Club (sala 1). Este veio a ser o último concerto desta formação que, por divergências de objectivos e disponibilidades, decidiu separar-se.
A nova formação de Blame Zeus conta com os fundadores Sandra e Ricardo, com Paulo Silva e Tiago Lascasas nas guitarras e com Celso Oliveira no baixo. Estes compuseram e gravaram o novo álbum “Theory of Perception” durante o ano de 2016, que será lançado a 4 de março de 2017. No primeiro dia deste ano apresentaram o novo single “The Moth”

Fotografias

INNER BLAST

Género
Metal gotico
Membros da banda
Aquiles (guitarra), Liliana (voz), Luis (baixo), Monica (teclas), Sabu (bateria)
Naturalidade
Lisboa
Biografia
Os Inner Blast são uma banda de metal gotico que tem o seu começo em 2006 e que rapidamente começaram a definir o seu som, que caminha entre o peso definido pela guitarra, baixo e bateria, e a suavidade melodica dada pela voz feminina e pelos teclados.
Oriundos de Lisboa, a sua actual formação (Liliana na voz, Aquiles na guitarra, Luís no baixo, Mónica nos teclados e Sabu na bateria) deu inicio em Novembro de 2010 ás gravações daquele que é o seu EP de estreia, “Sleepless monster”. O EP é composto por cinco temas (Better days, Sleepless monster, Tears, Fixation e Open minds) e será lançado em Setembro de 2011, ano em que desde cedo começaram a mostrar o seu trabalho ao vivo, tendo para o efeito contado com varias passagens por salas como o Side B (Benvente), Transmission (Cais do Sodré, Lisboa), Rock’n Shots (Cascais) e participado no concurso de bandas Rock On, organizado pelo Side B. Participaram ainda no concurso de bandas Rock Rendez Worten, para o qual, os Inner Blast gravaram em video um concerto no Side B em 25-08-2011 para ser sujeito á votação do público. Posteriormente, o video com o concerto integral foi disponibilizado na net para download gratuito nas versões video e audio (40 minutos aprox.).
Ainda antes do fim do ano de 2011, a banda foi convidada a fazer parte da Infektion Magazine nº6 Online (http://issuu.com/infektionmag/docs/infektion06_setembro2011), tendo para o efeito cedido o tema “Fixation” do seu EP de estreia, com vista a ser integrado na compilação “CD Woman” disponibilizada pela mesma. Viram ainda confirmada a participação do mesmo tema na compilação “Rock on Side B vol.1”, a ser lançada no final do mês de Outubro de 2011 com o selo da Raging Planet Records.
Cada elemento da banda tem as suas proprias influências, mas de uma forma geral, todos se situam entre o metal e o gótico, com especial preferencia por sons pesados e com espaço para melodias fortes. A excelente consonância que existe entre os diferentes elementos da banda, transparece nas suas prestações ao vivo, onde a interacção com o publico começa a ser a sua imagem de marca.

Localização atual
Lisboa

Fotografias

comentários